Pub

O sector da aviação ganhará este ano 34,5 mil milhões de dólares (cerca de 29 mil milhões de euros), uma redução de 2,3% em relação a 2016, esperando-se, porém, para 2018 que o lucro suba 11,3%, segundo o relatório da IATA.

Nas previsões económicas apresentadas hoje pela Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) regista-se um resultado pior este ano, mas ainda assim mais positivo que o avançado em junho.

Uma forte procura, a eficiência da indústria aérea e juros mais reduzidos “ajudarão as companhias aéreas a melhorar os seus resultados líquidos em 2018, apesar dos custos crescentes”, perspetiva a IATA, que indica que os lucros no setor atinjam no próximo ano os 38,4 mil milhões de dólares (32 mil milhões de euros).

Pub