Segunda fase do Núcleo Museológico do Presépio inaugurada a 21 de Dezembro

No próximo dia 21 de dezembro, pelas 18h00, será inaugurada a segunda fase do Núcleo museológico do Presépio, no convento dos Franciscanos, em Santa Cruz, na cidade de Lagoa.

Esta segunda fase do Núcleo museológico do Presépio expõe uma contextualização histórica da Natividade, e da sua representação no presépio, desde o ano 0 até ao século XX. Nela explica-se também como nasceu a tradição bonecreira na Lagoa, associada à atividade fabril da cerâmica local. A exposição vai disponibilizar ainda um documentário audiovisual alusivo à temática, e uma área oficinal para o exercício de serviços educativos.  

Este núcleo é uma das exposições âncora do convento dos Franciscanos, que vai ser a sede do Museu de Lagoa – Açores.

De relembrar que, na primeira fase, ficou patente ao público um presépio constituído por um acervo de peças concebidas por diversos bonecreiros locais, num conjunto dominado pelo tema da Natividade, com cenas que tradicionalmente integram o presépio, como o culto do Espírito Santo, a procissão do Senhor Santo Cristo dos Milagres, e a dança da “chamarrita”.

Para a autarquia lagoense, esta exposição vem valorizar uma tradição do concelho conhecida também pela arte bonecreira, que nasceu a partir das fábricas de cerâmica existentes nesta localidade e que ainda subsiste através dos bonecreiros. 

Por outro lado, e a contribuir para o enriquecimento desta tradição, a autarquia promove, pela 28ª vez, o concurso de presépios dirigido a particulares e a instituições lagoenses informando que, este ano, os resultados deste concurso serão divulgados no âmbito desta inauguração.

O Núcleo museológico do Presépio, poderá ser visitado, de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00 e nos dias 26, 29 e 30 de dezembro, num horário extraordinário, entre as 15h00 e as 20h00.