“São Silvestre eleva Ponta Delgada como cidade destino de prática desportiva”

O Presidente da Câmara Municipal destacou, esta manhã, a importância da São Silvestre para Ponta Delgada.

“A São Silvestre é uma prova com tradição, briosa e mobilizadora que eleva Ponta Delgada como cidade destino de prática desportiva”, afirmou José Manuel Bolieiro na conferência de imprensa da 55.ª São Silvestre

O edil expressou enorme satisfação e orgulho pelo sucesso do evento de referência nacional que tem vindo a aperfeiçoar-se de forma significativa desde a sua 50.ª edição, na sequência do desafio lançado pelo Município de Ponta Delgada à Associação de Atletismo de São Miguel.

O sucesso da São Silvestre é, no entender do autarca, medido pela organização em si e pela capacidade de mobilização. Estão inscritos 1352 atletas (inscrições pagas), entre profissionais, amadores e adaptados, o que é revelador de que esta é uma prova para todos, promovendo competição e participação.

A segunda São Silvestre mais antiga do país apresenta-se cada vez mais atrativa para os forasteiros, contando já com 150 atletas de fora do arquipélago, que pagaram para correr nas ruas de Ponta Delgada, no meio do atlântico.

Em termos organizativos, o Presidente reiterou que, este ano, o condicionamento de trânsito só se fará sentir uma hora antes da prova, o que garante a segurança e a organização da prova e vá, por outro lado, ao encontro daquilo que é o desejo dos comerciantes.

Bolieiro salientou que a cidade ganha com a São Silvestre, dia em que são muitos aqueles que se deslocam ao centro histórico da cidade para acompanhar o evento desportivo, que conta com o apoio logístico e financeiro da Câmara Municipal de Ponta Delgada e contribui para a afirmação de Ponta Delgada como uma cidade “viva, ativa e saudável”.

O edil saudou o trabalho desenvolvido pela Associação de Atletismo de São Miguel.

O Presidente da Associação de Atletismo de São Miguel, por seu turno, afirmou que a São Silvestre, agendada para sábado, às 19h00, “é uma prova emblemática em que todos querem participar”.

Estão previstas três provas: corrida (6,2 km), caminhada (4 km) e mino corrida (1,3 km).

Miguel Machado lembrou que o percurso é o mesmo do ano passado, estando prevista a atribuição de medalha de participação a todos os que passarem a meta. Este ano, a prova conta com mais um escalão: Benjamins A e B.

O troféu, com o logótipo da corrida, é feito de gesso em base de basalto, com as Portas da Cidade, símbolo máximo da cidade de Ponta Delgada.

Ana Cabecinha é a embaixadora da prova. A atleta vai estar durante a presente semana nas escolas para falar, entre outros assuntos, de alimentação saudável, e desporto.

Grandes clubes como Sporting Clube de Portugal, Benfica, Maia e Águeda também vão participar na São Silvestre de Ponta Delgada. Ao todo são 40 os atletas convidados.

Sábado, 15 de dezembro, haverá animação pela cidade com o grupo de tambores Ritmos.