Pub

A ilha de São Miguel, nos Açores, vai ter um novo Laboratório da Classificação do Leite, num investimento de 2,7 milhões de euros, devendo a construção da infraestrutura arrancar ainda este ano, anunciou hoje o Governo Regional.

De acordo com o secretário regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, citado numa nota de imprensa, a construção do novo Laboratório da Classificação do Leite de São Miguel, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), “já está adjudicada” e espera-se que se inicie ainda este ano.

Além da construção do Laboratório de Classificação do Leite de São Miguel, o Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) tem neste momento três instrumentos ao dispor dos agricultores dos Açores que permitem vários investimentos na agricultura, ainda segundo António Ventura, que esteve hoje na cerimónia de entrega dos “Prémios Produtor Excelente 2022” da Associação dos Jovens Agricultores Micaelenses, no Centro de Bovinicultura, nos Arrifes, concelho de Ponta Delgada.

“O PRR, que tem um conjunto de programas, uns que já são públicos, outros que estão em elaboração, o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC), que é uma nova oportunidade para que se possam fazer novos investimentos nas explorações agropecuárias, e o POSEI, que neste momento, e com uma reivindicação da Federação Agrícola dos Açores, não irá sofrer nenhum corte nas verbas”, sublinha o governante.

Para António Ventura, um agricultor quando apresenta um projeto de investimento “não pode esperar dois ou três anos pelo resultado do mesmo e a administração regional não pode ser um obstáculo a esta vontade de investir”.

“Estamos a preparar ao nível da administração regional, ao nível da análise e da aprovação de projetos, um corpo técnico que precisa ser formado e certificado pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) para que se possa em tempo útil dar respostas àquilo que é a vontade dos agricultores”, acrescenta ainda o secretário regional na nota.

Pub