“São 3.450 produtos que estão disponíveis. O supermercado ‘online’ tem clientes muito regulares e em regime semanal e temos vindo a incrementar a oferta, já com uma série de artigos que cremos que são os adequados para a constituição de um cabaz”, afirmou à agência Lusa Júlio Botelho, um dos sócios gerentes da Salgo.pt.

A plataforma está disponível desde 15 de janeiro, e, diz Júlio Botelho, a carteira de clientes tem vindo “a aumentar de forma significativa”, pelo que tem vindo a crescer também o número de produtos à venda.

Júlio Botelho sublinhou que se trata de “um formato inovador nos Açores”, com produtos de “qualidade e diversificados” e com um serviço de entregas, nesta fase, gratuitas.

“É um supermercado ‘online’ nesta fase com uma componente orientada para o setor alimentar, tudo aquilo que são frescos e congelados e uma parte de mercearia e uma parte de conveniência, e, para o não alimentar, de higiene pessoal e desinfeção”, sublinhou.

As cervejas artesanais, as bebidas espirituosas e vários produtos biológico estão igualmente disponíveis à distância de um clique neste modelo de supermercado online.

Com o ‘slogan’ “As suas compras em sua casa”, a Salgo.pt “nasceu da vontade de dois empreendedores de criar uma solução para um problema quotidiano: a falta de tempo”, explicou o responsável da marca, acrescentando que os produtos são entregues em menos de 24 horas.

“O modelo que temos em marcha é diferente, já que temos uma plataforma logística nossa. O polo logístico é na Lagoa, em São Miguel”, referiu ainda, assegurando que a empresa já presta o serviço na maioria das freguesias de Ponta Delgada, Lagoa, Ribeira Grande e Vila Franca do Campo – todas na ilha de São Miguel – com entregas de segunda-feira a sexta-feira.