Rui Rio diz que prefere baixar impostos do que ter grandes ‘superavit’

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que será mais importante para Portugal baixar a carga fiscal do que ter grandes ‘superavits’, embora defenda que se deve lutar para conseguir pequenos excedentes orçamentais nas contas públicas.

Numa conferência na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), com o tema “Portugal depois do ajustamento”, Rui Rio voltou a defender a importância dos acordos de regime entre os partidos, dizendo que essa foi uma das razões porque quis liderar o PSD.

Na sua intervenção marcadamente económica, Rio defendeu que o objetivo no futuro deve ser reduzir a dívida pública e caminhar para “pequenos ‘superavits’ orçamentais”, para que o país continue num caminho de credibilização externa.

Partilhar