Rui Luís destaca importância da Comissão de Coordenação Inter-Hospitalar

O Secretário Regional da Saúde destacou a importância da Comissão de Coordenação Inter-Hospitalar, que hoje reuniu, pela primeira vez, na Horta, para a uniformização de procedimentos entre os hospitais da Região.

“Temos vários pontos na agenda de trabalhos, um deles tem a ver com a rede de referenciação entre hospitais e entre estes e os centros de saúde”, afirmou Rui Luís, adiantando que será feita uma avaliação da “capacidade de resposta de cada um dos hospitais, ao nível das suas várias especialidades, para também facilitar os procedimentos daquele que é o regulamento geral das deslocações, que será publicado em breve”.

Rui Luís falava à margem da reunião desta comissão, que é presidida pela Diretora Regional da Saúde e integra os presidentes dos conselhos de administração, os diretores clínicos e os enfermeiros-diretores dos hospitais dos Açores.

“Trata-se de uma comissão que tem competências próprias, previstas no Estatuto do Serviço Regional de Saúde, permitindo, nesta fase, agilizar procedimentos entre os diferentes hospitais, padronizá-los, e também agilizar procedimentos entre os hospitais e as unidades de saúde de ilha” salientou.

Compete a esta comissão pronunciar-se sobre assuntos relacionados com a criação ou extinção de serviços ou valências dos hospitais, propor os regulamentos necessários ao encaminhamento dos utentes entre unidades hospitalares, colaborar na elaboração do Plano Regional de Saúde e dar parecer sobre o quadro de pessoal e sobre as propostas de orçamento dos hospitais.

O titular da pasta da Saúde referiu ainda que, neste encontro que decorre hoje na Horta, será também dada especial atenção ao potencial dos cuidados de saúde primários.

“Há que perceber a capacidade de resposta que os centros de saúde têm, ou deveriam ter, para atender aquelas que possam ser falsas urgências hospitalares, aliviando os hospitais para se dedicarem às urgências efetivas. Estamos a trabalhar no sentido de envolver os centros de saúde”, afirmou o Secretário Regional.

Rui Luís frisou ainda que se pretende que este encontro permita um relacionamento mais próximo entre os três hospitais da Região, com a definição de critérios únicos e transparentes em benefício dos utentes.

Partilha