PUB

O PSD/Terceira, nos Açores, salientou hoje que a ilha teve o “melhor ano de sempre” no setor do turismo em 2022, registando um aumento de 10% no número de passageiros desembarcados face ao período pré-pandemia de covid-19.

“São as estatísticas oficiais que o comprovam, como o número de passageiros desembarcados até novembro: 392.899 pessoas, mais 45% que em todo o ano de 2021 e mais 10% que em 2019, até agora o melhor ano do setor. Também o número de ligações aéreas foi o maior de sempre, com seis ligações aéreas ao estrangeiro no verão IATA 2022”, avançou a Comissão Política de Ilha do PSD na Terceira, liderada por António Ventura, em comunicado de imprensa.

Na quinta-feira, o PS/Terceira manifestou preocupação com a possibilidade de deixarem de se efetuar ligações da British Airways e da Ryanair entre Londres e a ilha, no verão de 2023, alertando para o “impacto negativo” do fim das rotas para a economia.

PUB

O vice-presidente do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM), Artur Lima, que tutela a gestão da Aerogare Civil das Lajes, na ilha Terceira, referiu, no mesmo dia, que o ano de 2022 foi “o melhor de sempre” em termos de tráfego de passageiros na ilha, com um registo de 803.783 passageiros.

Os social-democratas da ilha Terceira acusaram hoje o PS de insistir “no boato e na acusação fácil como formas de atuação”, realçando os resultados do setor em 2022.

“A Aerogare Civil das Lajes anunciou ter ultrapassado os 800 mil passageiros, ou seja novamente o mais alto valor de sempre”, apontou o PSD/Terceira, destacando a captação de novas rotas internacionais, como Londres, Montreal e Nova Iorque.

Segundo os social-democratas, a ilha registou também “os mais elevados proveitos em valor total para o turismo”, que em agosto atingiram 11.947.000 euros, acima dos 11.930.000 registados em 2019.

“Até outubro, ultrapassaram-se os 15.292.000 euros, mais 87% do que em todo o ano de 2021 e, saliente-se, mais 28% do que em todo o ano de 2019”, frisaram.

Quanto aos navios de cruzeiros, o PSD/Terceira sublinhou que a ilha “movimentou, no porto da Praia da Vitória, 28 mil passageiros, com 44 escalas, sendo a segunda ilha com mais movimento, a seguir a São Miguel, que teve 84 escalas e 81 mil passageiros”.

Os social-democratas assinalaram ainda o aumento do número de hóspedes, alegando que, até outubro, se “alojaram 146.231 pessoas na Terceira, mais 49% que em todo o ano de 2021, e mais 2% em relação a todo o melhor ano para o setor, que foi 2019”.

“Até outubro, registaram-se 408.271 dormidas, mais do dobro face a todo o ano de 2021, e mais 4% que em 2019, da mesma forma numa tendência crescente e constante ao longo dos meses”, acrescentaram.

Segundo o PSD/Terceira a ilha conta com “quase quatro mil camas disponíveis (1916 camas na hotelaria tradicional e 2044 em alojamento local)” e aumentou o pessoal afeto aos serviços de hotelaria e turismo em espaço rural de 323 em agosto 2019 para 396 em agosto de 2022.

Pub