Pub

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou, por unanimidade, a minuta do Protocolo de Cooperação a celebrar entre o Município e a Associação Dignitude para o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

De acordo com o Vereador do Desenvolvimento Social, Paulo Mendes, o apoio para a aquisição de medicamentos deverá, até ao final do ano, alcançar 100 famílias do concelho de Ponta Delgada.

Para a autarquia, acrescenta o edil, trata-se de um investimento de 10 mil euros que reforça o compromisso do Município em apoiar a população mais vulnerável do concelho, sobretudo em tempos de pandemia.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Ponta Delgada aderiu ao programa nacional “Rede Solidária de Medicamentos” em maio do ano passado.

Desde então tem colaborado com a Dignitude através da disponibilização da sua capacidade agregadora, de envolvimento e de dinamização da sociedade civil e do tecido empresarial para prossecução dos objetivos do Programa, em especial através das suas competências e experiência na referenciação de indivíduos socialmente vulneráveis cuja situação seja enquadrável no Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Tem também contribuído com apoio financeiro e na divulgação do programa.

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento tem por objetivo garantir o acesso ao medicamento em ambulatório por parte de qualquer cidadão que, em Portugal, se encontre numa situação de carência económica que o impossibilite de adquirir os medicamentos comparticipados que lhe sejam prescritos por receita médica.

Pub