Pub

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, disse hoje, na Ribeira Grande, que “a qualidade e a segurança em saúde” são “determinantes quer na perspetiva do doente, quer do profissional de saúde”.

À margem da I Conferência da Qualidade e Segurança em Saúde, organizado pela Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, Clélio Meneses defendeu que “a qualidade deve assentar em três pilares fundamentais: infraestruturas, equipamentos e recursos humanos”.

O governante referiu que no presente “há recursos humanos condicionados pela má qualidade de algumas infraestruturas” e apontou como exemplo a maioria dos centros de saúde de São Miguel, que vivem “graves” dificuldades.

“Vamos ultrapassar essas dificuldades, já identificadas, com intervenções, a financiar pelo próximo quadro comunitário de apoio”, sublinhou.

O Secretário Regional aponta também o PRR como fonte importante do investimento em equipamentos, através da digitalização da saúde, e espera que os profissionais “se sintam mais motivados”.

“Esperamos que o PRR dê uma resposta mais atualizada e mais moderna, fazendo com que os profissionais de saúde estejam mais motivados para exercer a sua atividade com qualidade e com segurança”, disse.

Clélio Meneses adiantou que o Governo dos Açores está a preparar o processo de construção de um novo centro de saúde na Ribeira Grande, lamentando que o mesmo “não tivesse começado mais cedo”, e que o “desinvestimento” na saúde nas últimas décadas tivesse originado “dificuldades” com que se debate o Serviço Regional de Saúde.

A I Conferência da Qualidade e Segurança em Saúde, organizado pela Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, decorre hoje na Ribeira Grande e junta profissionais de saúde açorianos de diversas áreas.

Pub