Pub

O Qatar tornou-se hoje o primeiro anfitrião a perder o seu encontro de estreia no ‘seu’ Campeonato do Mundo de futebol, ao cair por 2-0 na receção ao Equador, no encontro de abertura da edição de 2022.

Em Al Khor, O equatoriano Enner Valencia, com golos aos 16 e 31 minutos, o primeiro de penálti, foi o jogador que materializou este feito histórico, que nunca acontecera desde 1930.

Até agora, nas anteriores 21 edições, os 22 organizadores – tendo em conta que foram dois em 2002 (Coreia do Sul e Japão) – somavam 16 vitórias e seis empates.

Os únicos conjuntos que não tinham vencido eram Inglaterra (0-0 com o Uruguai, em 1966), México (0-0 com a União Soviética, em 1970), Espanha (1-1 com as Honduras, em 1982), Estados Unidos (1-1 com a Suíça, em 1994), Japão (2-2 com a Bélgica, em 2002) e África do Sul (1-1 com o México, em 2010).

Desta vez, o Qatar, único estreante na edição de 2022, fez pior, ao sair derrotado, sendo que, ainda que pelas piores razões, entrou na história dos Mundiais.

Pub