PSD considera inadmissível postura da TAP na ligação Lisboa-Terceira

Os deputados do PSD/Açores eleitos pela Terceira criticaram o facto da TAP ter cancelado, de forma sucessiva e desde o passado domingo, o voo Lisboa-Terceira-Lisboa que sai da capital pelas 22h10, regressando na manhã seguinte pelas 07h00.

Mónica Seidi afirma que, “curiosamente, desde que o horário de verão entrou em vigor, este voo nunca se realizou”, pelo que os social democratas lamentam “a incapacidade da companhia em cumprir com o anunciado, logo em pleno período de férias da Páscoa, sem dar qualquer explicação aos passageiros ou às agências de viagens. Tem sido uma postura inadmissível e exigimos que a TAP respeite a Terceira e respeite os terceirenses”, adianta.

Segundo a deputada, “já são três dias consecutivos em se vive este problema no Aeroporto de Lisboa, prejudicando e muito os passageiros da TAP cujo destino é a Ilha Terceira. A que se juntam os prejuízos com os cancelamentos dos voos Terceira-Lisboa na manhã seguinte”, explica.

Na passada segunda feira, a TAP fretou um avião de uma companhia italiana, para fazer face aos cancelamentos de domingo e de segunda feira, “no entanto, os passageiros só chegaram a Lisboa na madrugada do dia seguinte”, acrescenta Mónica Seidi.

A social democrata sublinha ainda que a TAP “não apresentou justificações” para os vários cancelamentos levados a cabo nos últimos dias, tendo apenas “lamentado os mesmos e referido que está a atuar para minimizar os impactos junto dos seus passageiros. Este é um exemplo claro do mau serviço prestado pela companhia aos terceirenses e à Ilha Terceira”, conclui a deputada do PSD/Açores.

Notícias relacionadas