Líder do PSD/Açores quer liderar novo ciclo de “esperança” na região

O presidente do PSD/Açores defendeu que os 24 anos de liderança do PS no arquipélago trouxeram “resultados negativos na ação política essencial”, garantindo que os sociais-democratas representam um “novo capital de esperança” para as eleições de outubro.

“Quero afirmar uma alternativa para criar um novo capital de esperança para o futuro e, desde logo, para a próxima década”, declarou José Manuel Boleiro, falando aos jornalistas após uma visita à junta de freguesia da Achadinha, no concelho do Nordeste, na ilha de São Miguel.

O social-democrata falava a pouco mais de um mês de os Açores terem eleições para o hemiciclo regional e posterior formação de governo.

Através dos jornalistas, Bolieiro quis “alertar os eleitores” da região: “Preferem iniciar um novo ciclo de uma década de políticas novas e inovadoras ou prorrogar o que está velho e envelhecido?”, questionou.

O dirigente social-democrata deu a educação, saúde, economia ou a “gestão do setor público empresarial” como áreas da atuação dos governos socialistas que merecem nota negativa.
Os Açores vão ter eleições legislativas regionais no próximo dia 25 de outubro, elegendo os 228.572 eleitores inscritos um total de 57 deputados para a Assembleia Legislativa da região.