PSD/Açores quer criar entidade para gerir situação de doentes em lista de espera

O presidente do PSD/Açores manifestou hoje vontade de criar uma entidade para gerir a situação dos doentes em lista de espera, sustentando que o tempo de resposta a estas pessoas, que aguardam cirurgia ou consulta, “nem sempre é cumprido”.

É sabido que o tempo máximo de resposta garantido nem sempre é cumprido. Há doentes muito tempo à espera, quer de cirurgias, quer de consultas. É preciso dar resposta a estes doentes que esperam pacientemente por cuidados de saúde”, afirmou José Manuel Bolieiro aos jornalistas após uma visita às obras de construção do Hospital Internacional dos Açores, na Lagoa (ilha de São Miguel).

A entidade que Bolieiro quer implementar funcionaria “com autonomia e independência, dentro da estrutura do Serviço Regional de Saúde” dos Açores.

“É assim que poderemos garantir, com eficácia, racionalidade e apoio ao doente, o rápido encaminhamento dos utentes para a realização de cirurgias ou consultas em entidades convencionadas ou a convencionar pelo Serviço Regional de Saúde”, prosseguiu.

O objetivo é que os utentes cujo tempo máximo de resposta garantido tenha sido já ultrapassado sejam “encaminhados, o mais rapidamente possível, para as entidades convencionadas”, para que possam ser atendidos.

José Manuel Bolieiro é o candidato do PSD/Açores a presidente do Governo Regional nas eleições que decorrerão este ano.