PSD/Açores garante defender os interesses do canal regional da RTP na Assembleia da República

A candidata do PSD/Açores à Assembleia da República, Ilídia Quadrado, destacou hoje o trabalho feito pelos deputados do PSD/Açores no Parlamento nacional durante os últimos 4 anos, na defesa dos interesses da RTP/Açores, “uma tarefa que será para continuar”, garantiu.

Falando após uma reunião com os responsáveis pelo centro regional da empresa, onde acompanhou o presidente do partido, Alexandre Gaudêncio e os candidatos pela Região, Paulo Moniz e António Ventura, a social democrata assumiu o compromisso de “continuar essa defesa, até porque alguns dos assuntos que os nossos deputados puseram na agenda ainda não estão resolvidos, como a precariedade de alguns trabalhadores da empresa”.

Ilídia Quadrado focou igualmente “as situações de insuficiência de meios técnicos nas delegações da RTP/Açores, assim como o trabalho efetuado na definição de um verdadeiro serviço público na Região, assuntos sobre os quais também nos iremos debruçar”, assumiu.

Também importante será “defender uma maior autonomia de meios, uma vez que as necessidades de maior financiamento da RTP/Açores são um problema real, que queremos minimizar”, explicou.

Ilídia Quadrado lembrou que a RTP/Açores “não tem correspondentes em todas as ilhas da Região, o que impede muitas vezes a desejada ligação entre as várias paragens do arquipélago, dando voz ao viver e ao pulsar dos açorianos”, adiantou.

A candidata do PSD/Açores realçou ainda “o trabalho e a dedicação de todos os colaboradores da RTP/Açores, que é sem dúvida um pilar da nossa Autonomia, incluindo os que laboram em regime de outsourcing, que são precários, e que são essenciais para a existência do serviço público de rádio e televisão”.

“São todas essas pessoas que desempenham a importante missão de ligar todos os açorianos, tanto os que estão nos Açores como os que estão na Diáspora”, concluiu.