PSD Açores considera declarações de Carlos César condenáveis sobre o Aeroporto do Horta

O PSD/Faial considerou “absolutamente condenáveis” as recentes declarações de Carlos César sobre o Aeroporto do Horta, “refletindo o seu desrespeito pela população faialense que, desde 2004, aguarda pela ampliação da pista do aeroporto da sua ilha, uma promessa eleitoral do próprio Carlos César e do seu partido”

Para os social democratas, “o povo faialense não esquece que, em 2004, Carlos César afirmou que se o Governo da República e a ANA não ampliassem a pista do aeroporto da Horta, o seu Governo Regional assumiria a obra”, recorda a estrutura liderada por Carlos Ferreira.

“O que agora diz o presidente do PS e líder da sua bancada parlamentar na Assembleia da República, mostra bem o total desprezo pelas suas próprias responsabilidades em todo o processo”, criticam.

“Entre 2006 e 2008, o governo liderado por Carlos César prometeu a ampliação em mais 500 metros da pista, assegurando que isso aconteceria ainda antes da privatização da ANA”.

Nos orçamentos da Região para 2009 e 2010, no último governo de Carlos César e com Vasco Cordeiro como Secretário da Economia, “foram inscritas verbas para a obra, e nada aconteceu”, recordam.

Para o PSD/Faial é assim “inaceitável” que, novamente em ano de eleições, Carlos César venha, “despudoradamente, fazer promessas ou defender o que quer que seja em relação ao nosso aeroporto, sem primeiro assumir os seus próprios atos e a utilização eleitoral que fez do assunto sempre sem cumprir o que prometeu”, consideram.

O PSD/Faial diz também que a não inclusão da ampliação da pista no contrato de privatização da ANA “foi um erro condenável, que denunciamos na devida altura, mostrando que, acima de qualquer interesse partidário, está a defesa dos interesses do Faial e dos faialenses”, garantem.

E lembram que, “no processo de renegociação do contrato de concessão entre o Estado e a ANA, a ampliação do aeroporto não foi incluída, apesar das recomendações aprovadas nesse sentido, quer na Assembleia Regional, quer na Assembleia da República”.

“E essa decisão foi tomada com Carlos César como líder da bancada parlamentar e presidente do partido do Governo da República”, sublinham.

“Exige-se que, de uma vez por todas, o Governo da República e o PS esclareçam o que pretendem fazer e qual o calendário para a efetiva ampliação da pista do nosso aeroporto para, no mínimo, os 2050 metros”.

O social democratas consideram que a ampliação da pista do Aeroporto da Horta “é uma legítima e antiga aspiração dos faialenses”, sendo “essencial ao desenvolvimento da ilha que se estabeleça uma parceria entre o Estado, a ANA e a Região, com candidatura a fundos comunitários, para que a obra seja concretizada”, conclui o PSD local.