PS/Corvo avisa que “não são as sondagens que contam, são os votos depositados nas urnas”  

O mandatário do PS/Açores pela Ilha do Corvo defendeu a importância de votar no Partido Socialista, nas eleições legislativas do próximo dia 6 de outubro, para garantir que a vida dos Corvinos continua a melhorar e as suas reivindicações são atendidas. José Silva, fez um apelo direto ao voto, sublinhando que “não são as sondagens que contam, são os votos depositados nas urnas”.

José Silva considera que “o trabalho do Governo socialista está à vista de todos, que melhorou a vida de muitos portugueses em muitos aspetos e que, por isso, é importante que o PS possa continuar a melhorar a vida dos Corvinos”.

O mandatário do PS/Açores, que discursava no comício realizado na noite de terça-feira na ilha do Corvo, deixou uma palavra de apreço aos deputados da legislatura que agora termina: “Tive oportunidade de ter várias reuniões de trabalho com eles e fiquei com a certeza absoluta de que o trabalho que eles fizeram em prol dos Açores não foi só em prol de algumas ilhas, foi um trabalho em prol de todas as ilhas e de todos os Açorianos”. A título de exemplo, referiu algumas das preocupações corvinas que foram atendidas, como o caso do Serviço de Finanças e o Serviço de Conservatório e Notário que ainda precisa de ser aperfeiçoado.

Sobre a cabeça da lista do PS/Açores, testemunhou e realçou “a capacidade e empenho que Isabel Almeida Rodrigues deposita naquilo que faz e nos objetivos a que se propões alcançar – Não tenho dúvidas nenhumas de que este desafio está bem entregue”.

José Silva garantiu que a candidata “deixou via aberta para que os Corvinos, seja diretamente ou seja por intermédio do mandatário, recorra aos deputados da República para resolver qualquer questão que surja”.

Sublinhou a importância do PS/A “reconhecer que os Açores são nove ilhas e apresentar candidatos de todas as ilhas da Região, ao contrário de outros partidos”.