Pub

Os deputados do PS/Açores, eleitos pela Ilha Graciosa, entregaram na Assembleia Legislativa dos Açores um requerimento para obter esclarecimentos do novo executivo quanto ao Perímetro de Ordenamento Agrário (POA) de S. Mateus/Luz. “Importa esclarecer se quando vão ser concluídos os trabalhos para a criação desse novo POA”, adianta José Ávila.

Para o deputado do Grupo Parlamentar do PS/Açores, é também necessário saber “qual será a área desse futuro Perímetro de Ordenamento Agrário e quantas explorações agrícolas de produção de leite, de carne e outras, irão ser beneficiadas?”

José Ávila lembra que “os Perímetros de Ordenamento Agrário (POA) são fundamentais para definir prioridades ao nível das infraestruturas, da rede de caminhos agrícolas e sistemas de abastecimento de água, que contribuem positivamente para o desempenho da atividade agrícola nas suas diversas vertentes”.

No caso da Graciosa, “já existe o POA Santa Cruz/Guadalupe com 1.400 hectares – um dos 16 que vigoram nos Açores – e que gerou melhores condições, permitindo às explorações, nele integradas, reduzir os custos de contexto e melhorar a qualidade da produção sem desvirtuar o património paisagístico e ambiental das zonas rurais abrangidas”.