PUB

A Proteção Civil dos Açores registou 34 ocorrências em seis ilhas até às 18:25, devido ao mau tempo, situações sobretudo relacionadas com quedas de árvores, danos de estruturas, inundações de vias e em habitações, derrocadas e transbordos de ribeiras.

Numa nota emitida pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) para ponto de situação das ocorrências provocadas pela passagem da depressão ‘Efrain’ pelo arquipélago, é referido que, desde as 20:00 de sexta-feira e às 18:25 (17:25 nos Açores), “foram registadas 34 ocorrências em seis ilhas (São Miguel, Terceira, Faial, São Jorge, Pico e Flores)”.

Segundo a nota, as situações reportadas “estão relacionadas, sobretudo, com quedas de árvores, queda/danos de estruturas, inundações de vias e em habitações, derrocadas e transbordos de ribeiras”.

PUB

O SRPCBA disse ainda ter a informação de que alguns troços da Avenida do Mar, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, foram encerrados à circulação.

Na Horta, ilha do Faial, também foram fechados, por prevenção, os acessos ao porto da Feteira, ao porto do Varadouro, ao porto do Comprido, assim como o caminho do Castelo de São Sebastião, indica ainda.

De acordo com uma nota divulgada pela Câmara de Ponta Delgada, “devido à forte agitação marítima foi determinado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil o encerramento à circulação na Avenida do Mar e no troço da Avenida Litoral compreendido entre o Clube Naval de Ponta Delgada e a Rotunda de Belém”.

A autarquia dá ainda nota da ocorrência, desde as 02:00 de hoje, de “cerca de uma dezena de ocorrências nas freguesias de Arrifes, Capelas, Feteiras, Mosteiros, Relva, Santo António e São Roque”, concelho de Ponta Delgada.

“As situações reportadas estão relacionadas, sobretudo, com inundações de vias municipais, habitações e estabelecimentos comerciais, pequenas derrocadas e transbordos de ribeiras. Foram ainda registados danos em viaturas nas freguesias de Arrifes e Capelas”, lê-se na mesma nota, onde é assinalado que “a maior parte das ocorrências já foram resolvidas”.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje para vermelho o aviso de agitação marítima para as ilhas do grupo Ocidental do arquipélago dos Açores – Flores e Corvo.

As ilhas das Flores e do Corvo estão até às 00:00 de domingo sob aviso vermelho, sendo esperadas ondas de sudoeste com 10 metros de altura significativa, podendo a onda máxima atingir os 20 metros.

Pub