Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O Vice-Presidente do Governo revelou que, em apenas nove meses, foram apresentados novos projetos de investimento privado nos Açores num valor superior a 100 milhões de euros, o que representa “um crescimento de 50 por cento” que reflete a confiança dos empresários na economia regional.

“No âmbito dos sistemas de incentivos, só entre março e novembro entraram mais de 100 milhões de euros de novos projetos de investimento privado, o que representa um crescimento de 50 por cento em apenas noves meses, face ao valor que existia desde o início do Competir+”, destacou Sérgio Ávila.

O Vice-Presidente, que falava quinta-feira, em Ponta Delgada, na cerimónia de lançamento da revista ‘100 Maiores Empresas dos Açores 2016’, salientou que o Competir+ já regista mais de 300 milhões de euros de investimento privado candidatado.

Para o titular da pasta da Competitividade Empresarial, o “reforço de confiança irá gerar impactos positivos no crescimento económico e na criação de mais e melhor emprego”, sublinhando que as empresas e os trabalhadores açorianos são os protagonistas do “clima de confiança e de crescimento” registados na Região.

“Foram eles que conseguiram vencer os desafios, foram eles que conseguiram aguentar os momentos de maior adversidade, foram eles que conseguiram inverter um ciclo decrescente, foi eles que retomaram a confiança, foram eles que investiram”, frisou.

Em consequência, salientou Sérgio Ávila,, foram conseguidos os resultados consubstanciados no ranking das maiores e melhores empresas dos Açores em 2016, divulgado nesta cerimónia, numa iniciativa da Açormedia que o Vice-Presidente destacou pela credibilidade conquistada e pela oportunidade de reconhecimento público das empresas, empresários e gestores.

Na cerimónia foram distinguidas a ‘Maior Empresa’ e as ’10 Melhores Empresas’ do ano de 2016, assim como o ‘Gestor do Ano’ e o ‘Melhor Projeto de Investimento’, tendo sido também entregues o Prémio Empreendedorismo e o Prémio Carreira.

“Não há nenhum desafio vencido que não origine um novo desafio”, afirmou Sérgio Ávila, para quem é fundamental esta “lógica de ambição de fazer mais e melhor”, registando a evolução do crescimento económico verificada em 2015, em 2016 e também este ano.

O Vice-Presidente salientou ainda que a retoma e o crescimento económico em 2017 se verifica pela primeira vez, comparativamente a 2015 e ao ano passado, “em todos os setores de atividade”.

A publicação da Açormédia, empresa detentora do jornal Açoriano Oriental, que tem como parceiras as empresas de consultadoria empresarial Baker Tilly e Informa D&B, dedica na edição deste ano várias páginas à Marca Açores, com entrevistas e reportagens.

 

Pub