Projeto de construção de aerogare da Graciosa aprovado pela ANAC

O projeto de construção da nova aerogare do aeródromo da Graciosa “foi formalmente aprovado” pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), avançou hoje o grupo SATA.

m nota de imprensa, a empresa afirma que “esta aprovação vem permitir que a SATA Gestão de Aeródromos, S.A. inicie os preparativos para o lançamento do concurso público da respetiva empreitada, o que deverá ocorrer no decurso do próximo mês de julho“.

Esta empreitada tinha sido anunciada em novembro de 2018, com um orçamento que, na altura, ascendia aos 3,8 milhões de euros.

A atual aerogare deste aeródromo foi atingida por um incêndio que deflagrou na noite de 24 de maio, que chegou a ter uma “dimensão considerável” e atingiu a zona de cargas, mas não afetou a zona dos passageiros nem a torre de controlo, disse, então, à Lusa fonte da Proteção Civil.

Apesar de a zona de embarque e desembarque de passageiros não ter sido afetada, a SATA Gestão de Aeródromos avançou com “trabalhos de pintura, limpeza profunda e desinfeção“.