Projeto de combate à exclusão social de jovens vai ser alargado a outras ilhas dos Açores

O Diretor Regional da Juventude afirmou que o Governo dos Açores vai alargar a outras ilhas a metodologia do projeto ‘Equipa-te’, uma iniciativa de combate ao risco de exclusão social de jovens através do desporto, aplicada com sucesso em São Miguel.

Lúcio Rodrigues, que falava quarta-feira, em Ponta Delgada, no final de uma reunião com a Direção da Associação de Promoção de Públicos Jovens em Risco (APPJ), salientou o sucesso da primeira edição deste projeto, sublinhando as “mais-valias que daí resultaram para mais de 70 jovens, rapazes e raparigas, em risco de exclusão social”.

“Durante cerca de um ano e meio, na Ribeira Grande, 72 jovens entre os 13 e os 18 anos participaram em atividades que potenciaram as suas competências pessoais e interpessoais, num trabalho conjunto entre a APPJ, o Sporting Clube Ideal e a Direção Regional de Juventude”, frisou, acrescentando que agora o objetivo é “alargar esta metodologia a, pelo menos, duas outras ilhas dos Açores”.

Para Lúcio Rodrigues, esta metodologia de trabalho, em que são desenvolvidas dinâmicas de grupo, permite “trabalhar temas como a ansiedade, a gestão da frustração, a coesão de equipa ou a liderança”.

O Diretor Regional considerou ainda que esta forma de trabalhar possibilita um “trabalho integrado, abrangendo também a formação de famílias, de treinadores e agentes desportivos de várias modalidades, enquanto agentes de mudança no comportamento e no percurso de vida dos jovens”.

“Ao abrigo do projeto ‘Equipa-te, que decorreu entre 2016 e 2017, foi criado um Guia Prático de Intervenção Psicossocial com Jovens no Desporto, uma obra que conta com um prefácio de Pedro Pauleta”, afirmou Lúcio Rodrigues, para quem “faz sentido alargar esta metodologia, que produziu resultados positivos em São Miguel, a outras ilhas”.

“Estamos a estudar para que ilhas devemos avançar, de forma a maximizar o combate à exclusão social de jovens”, afirmou o Diretor Regional.