Pub

A Procuradoria antiterrorismo de França assumiu a investigação ao ataque de hoje em Paris, perto da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, que fez dois feridos graves.

A Procuradoria abriu inquérito por “tentativa de homicídio relacionado com ato terrorista e organização terrorista criminosa”.

Um homem, detido pouco depois pela polícia na Praça da Bastilha, atacou hoje com uma arma branca pelo menos duas pessoas na rua Nicolas Appert, junto ao edifício da antiga redação do Charlie Hebdo.

Pub