PUB

Um homem de 20 anos, residente em Ponta Delgada, nos Açores, ficou em prisão preventiva após ter sido detido por suspeitas de vários crimes de furto qualificado, nomeadamente em estabelecimentos comerciais, revelou hoje a PSP.

“O suspeito, que atuava durante a noite, acedia aos vários estabelecimentos através de arrombamento, causando avultados danos materiais nas portas e janelas. Já no interior, arrombava as caixas registadoras com a intenção de apropriar-se de quantias monetárias aí existentes, o que nalguns casos logrou conseguir”, descreve, em comunicado, o Comando Regional dos Açores da PSP.

De acordo com a polícia, durante a investigação “foi possível recolher um conjunto substancial de provas que apontam o arguido como autor de diversos crimes perpetrados em vários estabelecimentos comerciais, sedeados na vila das Capelas e na cidade de Ponta Delgada”, na ilha de São Miguel.

PUB

“Ao todo, sem prejuízo de outros casos que ainda se encontram em investigação, a PSP conseguiu reunir indícios suficientes e sustentados que levam a querer que o suspeito terá praticado seis crimes de furto qualificado”, indica a PSP.

A polícia refere também que “o arguido é consumidor de drogas duras, vindo a praticar tais ilícitos com o propósito de garantir o sustento a esse vício”.

O homem tinha já uma condenação anterior pela prática de crimes idênticos, com a aplicação de “pena de prisão suspensa na sua execução, com obrigatoriedade de sujeitar-se a tratamento à sua dependência”.

Agora, o detido foi alvo de um mandado de detenção fora de flagrante delito e, após ter sido presente a um primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Pub