Pub

Um homem ficou em prisão preventiva e outro em prisão domiciliária por serem suspeitos de tráfico de droga, na ilha de São Miguel, nos Açores, numa operação em foram apreendidas 550 doses de heroína, foi hoje revelado.

Em comunicado, o Comando Regional da PSP adianta que os dois homens, de 25 e 47 anos, foram detidos, em flagrante delito, no Porto dos Carneiros, na freguesia do Rosário, concelho da Lagoa, na ilha de São Miguel.

A operação policial realizada no centro da freguesia de Nossa Senhora do Rosário consistiu numa abordagem ao suspeito de 47 anos, “principal visado da investigação, no exato momento em que entregava várias doses de heroína ao homem de 25 anos, para posterior venda”, explica a PSP na nota.

Durante a operação foram realizadas uma busca domiciliária e outra não domiciliária, tendo sido apreendidas “cerca de 550 doses de heroína, dinheiro e vários objetos e utensílios relacionados com a atividade de traficância dos suspeitos”.

Os detidos têm “vários antecedentes criminais”, de acordo com a PSP.

Ao suspeito de 47 anos foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva, enquanto o homem de 25 anos ficou em prisão domiciliária.

Ainda segundo a PSP, o local onde se realizou a operação é uma “das zonas com maior densidade populacional no concelho de Lagoa”.

A investigação foi dirigida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Ponta Delgada, e os investigadores da PSP recolheram “vários elementos de prova que apontavam para um quadro de insegurança e intranquilidade numa zona urbana sensível”, onde alegadamente se verificava “um fluxo anormal de toxicodependentes que indiciavam a ocorrência de tráfico de droga”, lê-se no comunicado.

A PSP revela ainda que nos últimos meses foram realizadas “50 detenções em operações policiais desencadeadas no concelho de Lagoa”, maioritariamente no Porto dos Carneiros.

A 20 dos detidos foram aplicadas “ medidas de coação privativas da liberdade”, acrescenta o Comando Regional da PSP.

Pub