PUB

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, participou no sábado, em Ponta Delgada, na sessão solene comemorativa do Dia Nacional do Engenheiro, que este ano decorreu nos Açores, uma “iniciativa descentralizadora” elogiada pelo governante.

“Portugal pode ser relevante com a economia do mar, e a engenharia tem muito a ver com isto”, referiu José Manuel Bolieiro, falando no Pavilhão do Mar e dirigindo-se a cerca de duas centenas de engenheiros inscritos no evento.

Portugal, prosseguiu, é um país atlântico que deve usar a sua história como “alavanca de futuro”, sendo o conhecimento “cada vez mais especializado” dos engenheiros fundamental para esta perspetiva.

PUB

Na ocasião, o Presidente do Governo elogiou a Universidade dos Açores, distinguida pela Ordem, lembrando que a academia “foi sempre um pilar de inovação, conhecimento e capacitação” na região.

A atual geração, globalmente tida como a mais qualificada de sempre, “é ainda insuficiente” para responder a todos os desafios, sendo necessário prosseguir a “formação de talentos especializados e recursos qualificados”, vincou o governante.

“Conto como cidadão e governante com os engenheiros enquanto talentosos obreiros do fazer e de prospetiva”, declarou ainda, lembrando o papel destes profissionais em áreas como a transição climática ou digital.

Fernando Manuel de Almeida Santos é o atual Bastonário da Ordem dos Engenheiros.

Pub