PUB

O presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro, admitiu hoje que existem “dores de crescimento” da Tarifa Açores, mas destacou o sucesso da medida que fixa em 60 euros o preço máximo dos voos interilhas para residentes.

“Há dores de crescimento no desenvolvimento que estamos a potenciar nos Açores no que diz respeito à acessibilidade área interilhas”, reconheceu o líder regional quando questionado pelos jornalistas sobre a medida.

José Manuel Bolieiro falava em Vila do Porto, após a reunião do Conselho de Ilha de Santa Maria, integrada na visita estatutária do executivo à ilha mariense.

PUB

O chefe do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) realçou ainda o sucesso da Tarifa Açores, que entrou em vigor a 01 de junho de 2021.

“A Tarifa Açores criou, manifestamente, uma mobilidade nos Açores, entre as ilhas, fantástica. Portanto, ela não teve nenhum constrangimento porque as operações foram sendo realizadas de modo a que houvesse disponibilidade de lugares suficiente para acomodar a procura”, vincou.

No sábado, a presidente do Conselho de Ilha de Santa Maria considerou a Tarifa Açores (que permite viagens aéreas interilhas a 60 euros para os residentes) uma “excelente medida”, mas alertou para o “reverso da medalha”, porque o aumento da mobilidade “entupiu a capacidade de resposta” da SATA.

“Temos muitas pessoas que se deslocam a São Miguel para uma consulta e que permanecem em São Miguel durante uma semana porque não têm lugar para regressar. Isso não lembra a ninguém”, criticou.

Cerca de 267 mil residentes beneficiaram da Tarifa Açores no primeiro ano em vigor da medida.

O número de beneficiários daquela tarifa no primeiro ano é superior ao número de habitantes no arquipélago que tem 236.657 residentes, segundo os Censos 2021.

A iniciativa resultou de uma promessa de campanha do social-democrata Bolieiro aquando das eleições regionais de 2020.

A 11 de dezembro, o Governo Regional reforçou em 1,1 milhões de euros a verba destinada a financiar a Tarifa Açores, que passou a ter um custo total de 7,1 milhões.

Pub