Pub

“Celebrar o Dia do Triangulo é celebrar a proximidade geográfica entre estas magníficas ilhas, mas é também comemorar a ligação que existe entre as nossas populações, é celebrar as enormes potencialidades que estas três ilhas juntas têm para oferecer”, realçou o Presidente da Câmara Municipal da Horta na sessão do Dia do Triângulo integrado na Semana do Mar, reforçando a importância de união entre São Jorge, Pico e Faial.

Carlos Ferreira considerou que “mesmo dependendo da vontade individual de cada Município, há muitos projetos que podem ser solidificados em conjunto e que, concretizados de forma articulada, organizada e com estratégia do futuro nos poderão oferecer garantias de sucesso coletivo”.

O autarca faialense lançou o desafio ao Presidente da Associação de Municípios do Triângulo (AMT), Luís Silveira, de realizar no próximo mês de novembro uma cimeira de trabalho com os presidentes das 6 Câmaras Municipais e as suas equipas.

“Proponho a realização de uma Cimeira dos Municípios do Triângulo, que poderá assentar numa reunião formal da AMT de carácter temático, ou numa cimeira distinta, para debater sobre os problemas que nos afetam a todos, identificar em conjunto soluções e para caminharmos em conjunto para um futuro mais risonho para as três ilhas”, afirmou Carlos Ferreira.

Com a exposição de produtos caraterísticos de cada concelho, como já ocorreu nas restantes festividades do Triângulo, “esta é ainda uma oportunidade para apresentar e promover o que de melhor se produz nas nossas ilhas – os queijos, os méis, os vinhos e muito mais – com uma visão de futuro para a economia do arquipélago e do país”, concluiu.

Pub