“Prémio Paulo Parece” distingue grande recuperação

Rúben Santos e Nuno Pereira alcançaram no 38º Rali de Santa Maria todos os objetivos que tinham em mente para esta presença na prova organizada pelo Asas do Atlântico, um rali marcado também pelas condições meteorológicas adversas que acompanharam toda a caravana do Campeonato dos Açores de Ralis durante os dois dias de prova.

Com uma lista de inscritos vasta, que deixava antever uma concorrência forte há dupla da Madeira Competições a prova arrancou na sexta com as duas passagens pela especial “Além-Mar” – “Foi um arranque em falso para nós a primeira especial foi cancelada a prova atrasou e quando entramos para fazer a segunda especial já era de noite a visibilidade era já pouca, a própria iluminação do centro da vila encadeávamos em algumas zonas dificultando a nossa tarefa, fizemos um mau tempo“ refere Nuno Pereira, o navegador.

Para sábado “objetivo passava por recuperar o tempo perdido e andar ao nosso ritmo mas acabamos por ter algumas falhas no motor que nos prejudicou logo na primeira especial do dia. Resolvido o problema imprimimos um ritmo forte mas sempre dentro dos limites pois a chuva e nevoeiro não davam tréguas, e fomos começando a galgar posições na tabela classificativa, da manhã subimos onze posições e mais oito da tarde. A recuperação superou as nossas expectativas e talvez a chuva acabou por se nossa aliada pois arriscamos tudo na chuva, onde provavelmente as outras equipes tenham sido mais cautelosas por isso os nossos tempos foram aparecendo com naturalidade até atingirmos os dez primeiros, o nosso primeiro contacto com piso molhado não podia ser melhor. A organização esteve há altura” , adianta Rúben Santos.

“Foi com muito agrado que vimos a nossa prestação ser reconhecida no final com um dos “Prémios Paulo Parece“, premiou o nosso esforço e tem um significado muito importante para nós, pois também simboliza a homenagem ao Paulo Parece (CTC 24673) comissário técnico que durante anos foi presença assídua nas provas do CAR e que nos deixou no final do ano passado, enche-nos orgulho e muito nos honra, ficará de certeza num lugar especial juntos dos nossos outros trofeus” afirma Nuno Pereira.

A dupla agradece o apoio da Casa Baptista, RiberCombustiveis, Arquipeças, Olipes, Natália Maré Seguros, Cromax, Muitipeças, Clinica Veterinária do Nordeste, Estação de Serviço Lopes, AMP Desportos, ACBRacing, Transinsular, Paulo Amortecedores, DecoRacing.

A próxima prova do Campeonato dos Açores de Ralis é o Rali Ilha Lilás que se disputa a 13 e 14 de Setembro na ilha da Terceira, a Madeira Competições fará tudo para marcar presença na prova organizada pelo TAC.