Pub

De acordo com o boletim de risco semanal, a ilha de São Miguel está ainda com níveis de muito baixo risco nos concelhos do Nordeste e da Povoação, e de baixo risco na Ribeira Grande e em Vila Franca.

Ponta Delgada regista hoje 90 casos positivos ativos, segundo os dados divulgados. Este número é de 124 na totalidade da ilha de São Miguel e há ainda um caso ativo na ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, pelo que o total de casos ativos na região é de 125.

O nível de médio alto risco aplicado agora a Ponta Delgada implica, entre outras medidas, a limitação de ajuntamentos na via pública a um máximo de quatro pessoas (exceto se forem do mesmo agregado) e o fecho da restauração e estabelecimentos similares às 20:00 (com capacidade máxima por mesa de quatro pessoas, exceto no caso de serem do mesmo agregado), podendo funcionar depois, até às 22:00, nas modalidades de entrega ao domicílio e take-away.

A escala de risco utilizada pela Região Autónoma dos Açores tem cinco níveis: muito baixo, baixo, médio, médio alto e alto.

Todos os concelhos das restantes ilhas do arquipélago apresentam níveis de risco muito baixo, como na semana passada.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados 4.117 casos positivos de covid-19 nos Açores, morreram 29 pessoas e recuperaram da doença 3.855 pessoas.

Foram extintas 199 cadeias de transmissão local.

O boletim semanal indica também que até hoje foram realizadas nos Açores 382.020 análises para despiste da covid-19.

“Desde 31 de dezembro passado e até 19 de março, 37.687 pessoas com 15 ou mais anos foram vacinadas no arquipélago (24.591 com a primeira dose, 12,14% da população; 13.096 com a segunda dose, 6,46% da população), no âmbito da primeira fase do Plano Regional de Vacinação”, é referido.

O diretor Regional da Saúde, Berto Cabral, e o presidente da Comissão Especial de Acompanhamento e Controlo da Pandemia nos Açores, Gustavo Tato Borges, vão anunciar hoje à tarde a atualização da situação epidemiológica na região, bem como anunciar novas medidas de contenção e combate à doença.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 2.745.337 mortos no mundo, resultantes de mais de 124,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.805 pessoas dos 818.787 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Pub