Disponível em https://app.seg-social.pt/plataforma/, esta plataforma tem três serviços, um dos quais sobre informação geográfica da rede de equipamentos sociais.

Neste espaço interativo é ainda possível localizar as mais de 600 respostas sociais protocoladas com a Segurança Social dos Açores, consultar informação das entidades, assim como os tipos de resposta que disponibilizam, a morada, os contactos e o horário de funcionamento.

A plataforma disponibiliza também um serviço de atendimento por marcação, que, nesta fase inicial, vai acontecer apenas os núcleos de atendimento de Ponta Delgada (São Miguel) e Angra do Heroísmo (Terceira).

Este espaço permite ainda aceder a uma Plataforma Regional de Produtos de Apoio para pessoas com deficiência, incapacidade ou em situação de dependência.

Também é possível aceder a informações sobre o Banco Regional de Produtos de Apoio e o Sistema de Atribuição de Produtos de Apoio.

A Plataforma da Segurança Social dos Açores, que será alvo de atualização permanente, permitirá igualmente o acesso a informação estatística relevante para o conhecimento da Rede de Respostas Sociais disponível nos Açores.

“São três domínios que confluem no mesmo objetivo de disponibilizar informação aos cidadãos de forma rápida e muito acessível”, sublinhou Andreia Cardoso em declarações aos jornalistas, acrescentando que, no futuro, poderão ser disponibilizadas outras funcionalidades como a possibilidade de inscrição online na lista de espera única para os lares de idosos.

Andreia Cardoso salientou que a rede de equipamentos sociais na região “cresceu” e “mais do que triplicou” nos últimos anos “a capacidade instalada ao nível das respostas”.

“Dai ser também “importante que se conheça o que efetivamente está disponível e, com base nesta informação, tomar decisões em relação à evolução que a própria rede deve ter”, frisou a governante.