Pub

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral, defendeu, esta manhã, a aposta no turismo de eventos, como forma de atenuar a sazonalidade.

O autarca, que falava na sessão inaugural das 17.ª Jornadas de Pneumologia em Medicina Familiar Açores e Continente, sustentou que é um desiderato que se impõe aos agentes ligados ao setor, bem como aos agentes culturais e desportivos, tentar que os eventos se alarguem na época baixa para criar valor ao longo do ano.

Pedro Nascimento Cabral saudou, por isso, a realização em Ponta Delgada das  17.ª Jornadas de Pneumologia em Medicina Familiar Açores e Continente, e manifestou a maior satisfação pelo retorno deste evento científico a Ponta Delgada.

“O regresso das Jornadas de Pneumologia em Medicina Familiar Açores e Continente a Ponta Delgada vem valorizar a classe médica e os profissionais de saúde, num momento em que se torna absolutamente necessária a atualização de conhecimentos médicos, para minimizar o esforço despendido nestes dois anos. Afinal, esta iniciativa tem na sua finalidade a abordagem, reflexão e debate dos modos de aplicação das melhores práticas de combate às doenças respiratórias, a começar logo pela prevenção, área em que as unidades de saúde e a medicina familiar têm um papel fulcral”, destacou o edil.

O Presidente disse ainda que Ponta Delgada se sente privilegiada por receber iniciativas desta natureza, no caso as Jornadas de Pneumologia, que “trazem a esta cidade centenas de especialistas cujo prestígio muito nos honra porque, com os seus contributos na adaptação de técnicas aos cuidados da medicina familiar contribuem para a imperativa atenção e sensibilidade por parte dos cidadãos para a prevenção e cuidados primários”.

Para além disto, concluiu, “este tipo de eventos promove a nossa cidade atlântica enquanto espaço de concentração e de transmissão de conhecimento científico, elevando a relevância de Ponta Delgada da realização destas iniciativas no que ao Turismo de Congressos e científico diz respeito”.

Pub