Pub

O cabeça de lista do PCTP-MRPP pelo círculo eleitoral de São Miguel às próximas eleições regionais, José Afonso Loures, disse hoje que população açoriana “está cada vez mais pobre”, considerando “vergonhoso” o número de “dependentes de subsídios”.

“Temos uma população cada vez mais pobre e temos um número de dependentes de subsídios que até é vergonhoso”, declarou José Afonso Loures à agência Lusa.

O cabeça de lista falava à saída do Tribunal de Ponta Delgada, onde entregou as listas de candidatos às eleições legislativas regionais de 25 de outubro pelo círculo eleitoral de São Miguel, o único a que o partido concorre.

José Afonso Loures considerou a governação socialista da região como “muito má” e disse querer alertar para a “situação de pobreza crescente a que a região está sujeita” e “lutar pela implementação das 35 horas tanto no setor público, como no setor privado”.

O candidato assinalou que as 35 horas de trabalho semanais já estão implementadas no setor público, mas realçou que é vital a sua aplicação no setor privado, porque este é que “produz mais riqueza”.

Com 20 anos de idade, José Afonso Loures disse estar “confiante” de que os jovens vão votar no PCTP/MRPP no próximo ato eleitoral porque o partido sempre esteve do lado dos “mais explorados”.

“Votar no PCTP-MRPP é votar num partido que se sempre manteve ao lado dos trabalhadores e daqueles que são mais explorados. Lutaremos por todas as questões ligadas ao povo e às camadas mais espoliadas de forma intransigente e até às últimas consequências”, disse.

Pub