PCP denuncia necessidade de intervenções na EBS das Flores

O deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, João Paulo Corvelo, deu entrada com um requerimento na Assembleia Regional onde denuncia que há muitos anos que a Escola Básica e Secundária das Flores, em Santa Cruz das Flores, necessita de profundas obras de reabilitação em todos os seus blocos de ensino, tendo a comunidade escolar florentina vindo a assistir apenas à realização de sucessivas pequenas intervenções de beneficiação mas obras que são sempre manifestamente escassas e insuficientes; ou seja, o Governo Regional tem feito apenas pequenas empreitadas que o Povo costuma apelidar de obras de fachada na EBS das Flores.
O deputado denuncia que ainda antes da pausa letiva do Natal, a Comissão Executiva Provisória da Escola Básica e Secundária das Flores rapidamente solicitou à tutela que enviasse com urgência uma equipa técnica do Laboratório Regional de Engenharia Civil para que fosse realizada uma vistoria e ato inspetivo às condições de segurança estrutural da ala de ensino encerrada, mais concretamente a fissuras detetadas. Demorou quase um mês e meio para que essa equipa do LREC se deslocasse à Ilha das Flores para vistoriar o Corpo D da EBS das Flores, tendo os engenheiros do LREC anunciado que demoraria pelo menos mais um mês para que fosse escrito o seu respetivo relatório.
Entretanto passaram já dois meses desde que foi encerrada uma ala de ensino do Corpo D da EBS das Flores e os encarregados de educação das crianças das turmas reacomodadas provisoriamente temem que após a pausa letiva do Carnaval irão as suas crianças continuar na “solução transitória” em espaços escolares inadequados para aquelas turmas.
A Representação Parlamentar do PCP entende que a segurança das crianças no espaço escolar é algo que não pode ser descurado de maneira alguma, mas não se entende a demora em encontrar e concretizar uma solução para o presente problema estrutural detetado na ala Sul do Corpo D da EBS das Flores, sendo exasperante a tremenda demora do LREC em se deslocar à Ilha das Flores e a sua lentidão em escrever o respetivo relatório.A Representação Parlamentar do PCP entende que a segurança das crianças no espaço escolar é algo que não pode ser descurado de maneira alguma, mas não se entende a demora em encontrar e concretizar uma solução para o presente problema estrutural detetado na ala Sul do Corpo D da EBS das Flores, sendo exasperante a tremenda demora do LREC em se deslocar à Ilha das Flores e a sua lentidão em escrever o respetivo relatório.
João Paulo Corvelo salientou ainda que se torna urgente que as crianças das turmas que tiveram de ser reacomodadas em outros espaços da EBS das Flores, após a pausa letiva do Carnaval possam retornar a ter as suas aulas em espaços pedagogicamente adequados.