Pub

Grande parte da calota polar da Groenlândia, com cerca de 110 quilómetros quadrados, rompeu-se no nordeste do Ártico, devido às rápidas alterações climáticas, segundo os cientistas.

A secção do gelo separou-se de um fiorde chamado Nioghalvfjerdsfjorden que tem cerca de 80 quilómetros de comprimento e 20 quilómetros de largura, informou hoje o National Geological Survey da Dinamarca e Groenlândia.

O degelo situa-se no final da Corrente de Gelo do Nordeste da Groenlândia, de onde flui da terra para o oceano.

Pub