Parceiros sociais de acordo em “várias áreas” que serão tidas em conta

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, disse hoje que os parceiros sociais concordam “em várias áreas” que irão fazer parte do acordo sobre competitividade e rendimentos e que serão tidas em conta no Orçamento do Estado para 2020.

“Hoje sinalizamos o facto de os parceiros estarem de acordo sobre as várias áreas que poderão fazer parte do acordo”, disse a governante à margem da reunião de Concertação Social que decorre em Lisboa.

De acordo com a ministra, a questão do aumento da capacidade fiscal dos agregados familiares, a valorização das famílias que tenham filhos, a qualificação e a formação dos trabalhadores e a simplificação ou a redução dos custos de contexto das empresas foram algumas das medidas “identificadas para terem algum sinal em sede de OE 2020” (Orçamento do Estado para 2020).