Opinião: Gualter Furtado | Na Hora da Partida de um Homem Digno

O Padre Cassiano das Furnas deixou-nos fisicamente muito recentemente e com a partida dele foi-se mais uma referência nossa.

O Padre Cassiano das Furnas deixou-nos fisicamente muito recentemente e com a partida dele foi-se mais uma referência nossa.

A minha geração que partilhou com o Padre Afonso Arruda Quental, algumas tristezas, mas muito mais alegrias, foi crescendo e moldando o seu carácter, vendo os seminaristas furnenses,  principalmente durante as férias grandes, conviverem com o Padre Afonso, situação que se repete nos dias de hoje com o Padre Ricardo Pimentel, darem uns mergulhos na Ribeira Quente e partilharem connosco os mais novos algumas ideias novas.

Olhávamos para estes seminaristas com respeito, mas também com o sentimento de que faziam parte da nossa família, eram uma espécie de irmãos mais velhos, e isto aplicava-se aos que acabaram por ser ordenados Padres, mas também aos que desistiram deste percurso de vida ainda no Seminário e até em relação aos que tendo sido ordenados Padres acabaram por deixar esta vida do sacerdócio.

Une-os a todos uma característica comum, é que que foram ou são pessoas boas, e acreditaram ou acreditam que é possível construir um mundo melhor e mais em conformidade com a doutrina social da Igreja.

Pub

Naturalmente as suas famílias, os Padres das suas paróquias, os amigos, mas também o Seminário devem ter tido uma importância grande nesta caminhada da vida e nos seus comportamentos.

Padre António Cassiano

O meu amigo Onésimo de Almeida enviou-me um email a propósito do falecimento do Padre Cassiano que merece ser partilhado e que transcrevo, “ O Cassiano era um Homem Digno, comprometido com o seu Povo, muito atento e fino de cabeça”, foi este o Padre Cassiano das Furnas que eu conheci, que nos deixa um legado que importa regar, e alimentar todos os dias.

Em boa hora o Duo Top das Furnas através do Paulo Pimentel e do Hermenegildo Galante homenagearam em vida o Padre Cassiano dedicando-lhe o melhor que sabem fazer e que foi uma composição musical interpretada por ambos, e bem à imagem do homenageado, isto é, cheia de tranquilidade, mas também firme e decidida. O Professor Teixeira Dias, também sempre atento a tudo que se passa em relação a Vila Franca do Campo escreveu oportunamente sobre o Padre Cassiano.

Neste domingo 13 de junho de 2021, Vila Franca do Campo, onde ele foi Padre e Diretor do centenário Jornal A Crença, muitos dos seus colegas Padres de todos os lugares da Ilha de São Miguel, desceram em peso, ao Vale das Furnas para na Igreja de Nossa Senhora da Alegria em comunhão com alguns furnenses lhe prestarem uma última sentida homenagem, com um enquadramento musical superiormente desempenhado pelo Coro de Vila Franco de Campo e com quem ele privou tantas vezes.

Pub