Pub

O ministro das Finanças, Mário Centeno, argumentou que “os números hoje divulgados da execução orçamental” até julho “continuam a mostrar o processo de consolidação orçamental típico” de Portugal nestes quatro anos e a “resiliência da economia” nacional.

O ministro, em declarações aos jornalistas, em Monsaraz, no concelho de Reguengos de Monsaraz (Évora), quis “sublinhar” os “números hoje divulgados da execução orçamental até ao mês de julho”, os quais “continuam a mostrar o processo de consolidação orçamental típico que tem acontecido em Portugal nos últimos quatro anos”.

“Temos uma execução do lado da despesa com a despesa primária a crescer 3,2%, totalmente em linha com aquilo que é o Orçamento do Estado (OE) aprovado em outubro do ano passado na Assembleia da República, e temos a receita fiscal a crescer, felizmente, acima daquilo que eram as projeções do Governo”, destacou.

Pub