Pub

As Conversas com Barriguinhas organizam, no próximo dia 16 de maio, pelas 18h00, no Hotel Marina Atlântico, em Ponta Delgada, uma sessão que visa apoiar os futuros pais a decifrar o choro do bebé.Inscreva-se gratuitamente na plataformada iniciativa.

Imediatamente após o nascimento, o bebé chora pela primeira vez. É um sinal de que os seus pulmões se expandiram para receber oxigénio e de que está pronto para respirar. O primeiro choro significa, por isso, a capacidade do recém-nascido de viver e de ser independente do corpo materno. Daí em diante, o choro passa a ser a forma de se exprimir até que aprenda a falar.

Da fralda molhada, passando pela fome e frio à falta de afeto, são inúmeras as necessidades que o choro pode denunciar. A pensar nos pais, principalmente os de primeira viagem, preocupados em entender o choro do bebé, as Conversas com Barriguinhas organizam no próximo dia 16 de maio, pelas 18h00, no Hotel Marina Atlântico, em Ponta Delgada, uma sessão dedicada ao tema “Porque choram os bebés?”, com o contributo da fisioterapeuta Carina Gonçalves.

Além de descobrirem as possíveis mensagens do choro do bebé e como atendê-lo da melhor forma, os futuros pais vão ficar a conhecer o que são as Células Estaminais do Cordão Umbilical do bebé e os benefícios de guardar estas células para a sua saúde. Vai estar presente um especialista da Crioestaminal, o único laboratório de Células Estaminais com acreditação internacional pela Association for the Advancement of Blood & Biotherapies (AABB), que vai responder a todas as dúvidas sobre a utilização das Células Estaminais do Cordão Umbilical como opção terapêutica no tratamento de inúmeras doenças em Portugal.

Cada grávida receberá, ainda, ofertas dos vários parceiros das Conversas com Barriguinhas.

Pub