PUB
José Araújo texto e fotos

Realizou-se no pavilhão Municipal Carlos Silveira,no passado dia 4 de dezembro (domingo) o jogo da 5ª jornada entre o Marítimo SC e o Sporting CP “B”.

A equipa do Sporting CP “B”, vinha de uma derrota por6 – 1 com o Candelária da Ilha do Pico,em jogo da 9ª jornada do CN 2ª Divisão Zona Sul.

O Marítimo entrou para este jogo com a cabeça fria, com o objetivo de ganhar o jogo e somar três pontos na classificação e afastar-se dos lugares da despromoção. E foi ao minuto 18:52 após uma boa assistência de Pedro Soares para Alexandre Resendesque abriu o ativo do jogo. Quando se joga para a equipa as boas jogadas acontecem e o golo aparece.

PUB

O Sporting não desanimou e Afonso Esteves empata o jogo 1 – 1 com boa assistência de Filipe Martins, já decorria o minuto 16:48.

Com este empate o Marítimo oscilou um pouco, cometeu algumas falhas defensivas, pois tinha pela frente uma equipa muito jovem com jogadores com muita patinagem, que nas transições criaram dificuldades no último reduto do Marítimo. Filipe Martins do Sporting desfaz o empate aos 3:56, passando para afrente do marcador 2 – 1, resultado com que terminou a 1ª parte.

E foi o capitão dos azuis da Calheta Pedro Soares, que empatou de novo o jogo 2 – 2 aos 22:09, numa boa transição da equipa. Aos 20:17 Paulo Dias foi advertido com o cartão azul, por jogo mais agressivo, que deu direito a um livre direto para o Sporting. Falhou Afonso Esteves, derivado à boa intervenção do GR Nuno Teixeira do Marítimo.

E foi aos 13:03 que o Sporting desfez a igualdade 3 – 2, por João Falcato, numa assistência de José Abreu. E foi nos cinco minutos finais que o Marítimo claudicou, só deu Sporting, que aumentou o marcador para 4 – 2 e 5 – 2 por Filipe Reis aos 3:34 e 3:01, resultado com que terminou o jogo.

Em jeito de conclusão, a vitória do Sporting CP “B” por de 5 – 2 foi justa, pela capacidade dos seus jogadores que em pista souberam dar a volta ao resultado, fruto da sua capacidade física e mental, ao longo dos 40 minutos. Por outro lado, o Marítimo precisa de jogar mais como equipa e não de jogadas individuais, falhando por isso na concretização. Há também muita pressão sobre osjogadores a cada jogo, de querer marcar rápido para ganhar.

Com esta derrota o Marítimo SC foi ultrapassado na classificação geral, pelo Sporting CP “B”, descendo para 13º lugar, com 5 pontos resultante de 1V, 2E e 6D em 9 jogos, com 25 GM e 60 GS e já na zona de descida.

Por outro lado, o Candelária com esta vitória sobre o Sporting CP “B” neste fim de semana no Pico, está em 3º lugar na classificação geral, com os mesmos 20 pontos do 2º lugar Alenquer “B”, que resultada 6V, 2E e 1D em 9 jogos com 44 GM e 23 GS.

Cinco inicial do Marítimo SC:

GR Nuno Teixeira, André Martins, Paulo Dias, Alexandre Resendes, Pedro Soares (cap.).

Suplentes: GR Rogério Silva, João Vieira, Vasco Miranda, Marco Resendes, e Miguel Teves Pimentel.

Treinadores. Cristiano Agulhas

Disciplina: Paulo Dias (cartão Azul)

Marcadores: Pedro Soares (1) e Alexandre Resendes (1).

Cinco Inicial do Sporting CP “B”:

Gustavo Carvalho, João Falcato, Filipe Martins, Afonso Esteves e Filipe Reis (cap.).

Suplentes: Duarte Pinto, Pedro Tomás, Gonçalo Caetano, José Abreu e Adonai Cambão.

Marcadores: Filipe Reis (2), Afonso Esteves (1), Filipe Martins (1), João Falcato (1).

Arbitragem de João César e Cidalino Lamosa, ambos árbitros da categoria B.

Pub