Nuno Costa é o novo representante da Ordem dos Arquitetos nos Açores

O arquiteto Nuno Costa, natural de Ponta Delgada, em São Miguel, foi eleito o primeiro presidente do Conselho Diretivo Regional da Ordem dos Arquitetos dos Açores, na sequência de eleições que decorreram entre 17 e 26 de junho.

Nas eleições, de 26 de junho, concorreram à liderança da secção regional dos Açores três candidatos: Catarina Valadão, inserida na lista A, encabeçada pelo atual vice-presidente da Ordem, Daniel Fortuna do Couto, Manuel Marchã, da lista B, dirigida por Cláudia Costa Santos, atual presidente do conselho diretivo da Secção Regional Norte da Ordem, e Nuno Costa, que pertence à lista C, liderada pelo arquiteto Gonçalo Byrne.

“Assim, a lista C (“Isto só lá vai com todos”), encabeçada pelo arquiteto Nuno Costa, foi a vencedora, de entre as três listas candidatas, nas eleições para a primeira Secção Regional dos Açores durante o próximo triénio 2020-2022″, informa esta terça-feira um comunicado enviado à agência Lusa.

O novo representante da Ordem dos Arquitetos nos Açores destaca, citado na nota, que a prioridade “é a implementação da estrutura da Secção Regional dos Açores, de modo a estabelecer as condições necessárias ao início dos trabalhos, que são muitos”.

Três das quatro listas que concorriam a nível nacional para a Ordem dos Arquitetos apresentavam candidatos para a secção regional dos Açores, que nasceu com a reforma da estrutura.

Esta ordem passa a ter as secções do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

Neste ato eleitoral também foram eleitos os arquitetos Igor Espínola de França, como presidente da mesa da Assembleia Regional, e João Monjardino, como presidente do conselho de disciplina regional.

A nível nacional, foi eleito como presidente do conselho diretivo nacional da Ordem dos Arquitetos Gonçalo Byrne.

De acordo com a nota enviada, “no sufrágio, a nível nacional, participaram 6.952 arquitetos, ou seja, 27,31% dos eleitores que estão registados no caderno eleitoral, que elegeram os órgãos sociais da Ordem, nacionais e regionais”.

Nos Açores, segundo o caderno eleitoral, o número de membros é de 317, dos quais 266 são membros ativos. Participaram neste ato eleitoral 190 arquitetos, pelo que a abstenção foi de 28,57%.

“No entanto, os resultados deverão ser confirmados e considerados definitivos até 8 de julho, nos termos do regulamento eleitoral, devendo seguir-se o ato de tomada de posse”, segundo a nota.

O representante da Ordem dos Arquitetos dos Açores, agora eleito, Nuno Costa, formou-se em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, em 2004 e concluiu o Mestrado em Património, Museologia e Desenvolvimento, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade dos Açores, em 2019.

Iniciou a carreira profissional com o arquiteto Jorge Kol de Carvalho.

Desde 2007, é perito avaliador da Autoridade Tributária e, desde janeiro de 2019, do Ministério da Justiça, onde integra a Lista Oficial de Peritos Avaliadores dos Círculo dos Açores.

Exerceu ainda a atividade de formador e professor em escolas do ensino profissional e na Universidade dos Açores.