Número de utentes operados e de propostas para cirurgia aumentou em 2019 nos Açores

O número de cirurgias realizadas no ano passado nos três hospitais açorianos aumentou 8,5% comparativamente a 2018, revelou hoje o Boletim Informativo do Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para a Cirurgia dos Açores.

No último mês, foram operados 588 utentes no SRS, sendo que a percentagem de operados dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG) atingiu 60,5%, acima dos 53,9% registados em novembro.

Comparativamente a dezembro de 2018, verifica-se uma redução ao nível do tempo médio de espera em Lista de Inscritos para Cirurgia (LIC) de 2,5%, a que correspondem 14 dias.

A 31 de dezembro de 2019, o SIGICA registava 12.269 propostas cirúrgicas, o que corresponde a uma subida de 2,5% comparativamente ao mesmo mês do ano anterior.

O número de utentes inscritos registou uma subida residual de 0,7% em comparação com o período homólogo.

No que se refere a novos inscritos em LIC, o número de entradas ascendeu a 794, verificando-se uma redução relativamente ao mês de novembro, mas também na comparação com o mês de dezembro de 2018, neste caso de cerca de 11,8%.

De destacar ainda a tendência decrescente do número de propostas cirúrgicas em LIC no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, verificada ao longo de todo o 2.º semestre de 2019, em contraste com a linha ascendente que se registou no 2.º semestre de 2018.

Os Boletins Informativos do SIGICA são disponibilizados no Portal do Governo dos Açores, em http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srs-drs/textoImagem/SIGICA_-_Inicial.htm.