Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O lucro do Novo Banco dos Açores recuou 3,0%, para 2.162 milhões de euros, no primeiro semestre deste ano face ao mesmo período de 2021, anunciou hoje a instituição bancária.

Em comunicado, o Novo Banco dos Açores refere que a redução homóloga dos resultados até junho é “explicada pela evolução desfavorável da margem, resultando numa diminuição de 15,7% no produto bancário e 7,2% do resultado financeiro”.

Já “a melhoria no resultado face ao primeiro trimestre do ano (407 milhões de euros) deveu-se, sobretudo, ao maior volume de reposições de imparidade, resultantes de recuperação de crédito”, acrescenta.

No período, o produto bancário comercial somou 5.612 milhões de euros (contra 6.655 milhões em junho de 2021) e o ‘cost to income’ (que mede a relação dos custos sobre os proveitos), excluindo resultados de mercados e outros resultados operacionais, “manteve a sua trajetória de melhoria, situando-se em 55,3% (54% no primeiro semestre de 2021)”.

As imparidades para crédito totalizaram -0,8 milhões de euros, refletindo a reposição relacionada com recuperação de crédito e apresentando uma melhoria de 787 milhões de euros face ao período homólogo.

No primeiro semestre do ano, face ao mesmo período de 2021, o ativo do Novo Banco dos Açores aumentou em 4,1 milhões de euros (+0,6%), com o crédito a clientes (líquido) a apresentar uma variação positiva de 0,2% (+624 milhões de euros), para 358.631 milhões de euros.

Relativamente ao crédito vencido, ascendeu a 6,9 milhões de euros, o que se traduz numa taxa de crédito vencido de 1,8%.

No final do semestre, o montante global dos depósitos de clientes era de 470,1 milhões de euros, valor que representa uma redução de 3% em relação ao mesmo período de 2021, “diretamente relacionada com movimentos de caráter mais pontual de clientes institucionais”.

No que se refere aos rácios de capital e de liquidez, o rácio de solvabilidade (CET 1) situava-se em 13,9% (maio de 2022) e o rácio de liquidez (LCR) nos 352,5% (junho de 2022).

Em junho, os custos operativos do Novo Banco dos Açores somavam 2.995 milhões de euros, abaixo dos 3.094 milhões de euros do primeiro semestre de 2021 e o total de clientes ascendia a 32.296 (32.213 no período homólogo).

 

Pub