PUB

O navio ‘Thor’ escalou ao início da manhã de hoje a ilha das Flores, nos Açores, com produtos perecíveis, uma operação que estava a ser inviabilizada, desde a passada semana, devido ao mau tempo.

A informação foi avançada à agência Lusa pelo capitão do porto da Horta e Santa Cruz das Flores, João Mendes Cabeças, indicando que o ‘Thor’ atracou por volta das 08:00 locais (09:00 em Lisboa) no porto das Lajes das Flores.

Segundo João Mendes Cabeças, o navio já começou a descarregar a mercadoria e as condições atmosféricas são boas na ilha.

PUB

No domingo, o diretor regional da Mobilidade, Rui Coutinho, explicou que o “navio ‘Monte da Guia’, da Transinsular, que na quinta-feira não conseguiu operar nas Flores devido à agitação marítima, iria descarregar, em Ponta Delgada, alguns contentores, para que o ‘Thor’ os pudesse levar até às Flores.

São “quatro contentores de frio, com produtos perecíveis, assim como gás butano, produtos essenciais que fazem falta nas Flores”, explicou na altura.

O porto das Lajes das Flores, o único porto comercial da ilha, foi destruído pelo furacão Lorenzo, em outubro de 2019.

Na quinta-feira, o navio de transporte de mercadorias para as Flores não conseguiu descarregar a carga porque o porto está “praticamente sem quebra-mar”, após a destruição agravada pela tempestade registada no sábado anterior, disse à Lusa o capitão do porto.

A 21 de outubro, a operacionalidade do porto das Lajes das Flores foi reposta com a primeira atracação do navio ‘Monte da Guia’ na nova ponte-cais, entretanto construída.

O projeto do porto para repor “definitivamente” a capacidade portuária da infraestrutura das Lajes das Flores tem previsão de lançamento de procedimento concursal no primeiro trimestre de 2023 e a obra deverá ficar concluída até final de 2028.

Pub