Pub

O novo navio oceanográfico, encomendado pelo Governo Regional, e o centro de investigação que será construído na Horta, são os grandes reforços do ‘cluster’ do mar dos Açores, revelou hoje o secretário regional do Mar, Manuel São João.

“Os investimentos do novo navio de investigação oceanográfico, ao serviço da região, e o tecnopolo MAR-TEC, como centro de investigação, constituem uma aposta fundamental no denominado ‘cluster’ do mar dos Açores”, garantiu o governante, durante a abertura da sessão comemorativa do Dia Nacional do Mar, na ilha do faial.

Segundo Manuel São João, estão reservados no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), para a área do Mar e das Pescas, cerca de 32 milhões de euros para investimento nos próximos anos, valores que dão conta da prioridade que estas matérias representam para o executivo de coligação (PSD, CDS-PP e PPM), disse.

Ana Rodrigues, nova administradora da Escola do Mar dos Açores, realçou, por outro lado, o reforço na formação de marítimos e em novos cursos que aquele estabelecimento de ensino está a apostar.

“A Escola do Mar dos Açores, em breve reforçará a sua oferta formativa, com o curso de marinheiro maquinista e o de manobra de gruas”, explicou a administradora, adiantando que a Escola do Mar dos Açores está também a estudar a viabilidade da criação de um curso profissional de construção, manutenção e recuperação naval.

Para assinalar o Dia Nacional do Mar, o Governo Regional realizou uma sessão pública, intitulada “Cluster do mar dos Açores: um novo desafio”, realizada na cidade da Horta.

Pub