Pub

Em outubro, no Teatro Micaelense, o cinema ocupa um lugar de destaque, sendo que na programação haverá também espaço para a música, da clássica ao fado, para a dança contemporânea e para a comédia stand-up.

No dia 1 de outubro, Dia Mundial da Música, o Conservatório Regional de Ponta Delgada propõe “Contrastes”, um concerto em que se entrecruzam Bach, Bartók e compositores portugueses do séc. XX. Em palco estarão Diogo Bouça (piano), Irina Semënova (piano), Helena Ferreira (soprano), Luís Martins (piano), Nataliya Zhylkina (violino), Svetlana Pascoal (piano) e Tiago Dias (piano). A entrada é gratuita, sujeita ao levantamento prévio de bilhete.

No dia 3, o Estúdio 13 – Espaço de Indústrias Criativas apresenta “Água”, uma criação de Maria João Gouveia, dirigida a toda a família, que cruza a dança contemporânea e a instalação de vídeo. O bilhete tem um preço de €5.

No dia 6, é apresentado o álbum “Sons no Tempo”, do Trio ORIGENS, o agrupamento que junta à Viola da Terra de Rafael Carvalho os sons clássicos do violino de Carolina Constância e o acompanhamento ao violão por César Carvalho. A entrada é gratuita, sujeita ao levantamento prévio de bilhete.

No dia 7, primeira 4ªfeira do mês, retomam as Noites de Cineclube, com a exibição de “Os Miseráveis”, um filme de Ladj Ly sobre as guerras de poder em bairros problemáticos dos arredores de Paris. Ao longo do mês, poderá ainda assistir-se a “O Paraíso, Provavelmente”, de Elia Suleiman (14 de outubro); e a “O que Arde”, de Oliver Laxe (28 de outubro). Os bilhetes têm um preço de €5 (€2,50, para os sócios do 9500 Cineclube).

A 10 de outubro, o comediante Guilherme Duarte estreia-se nos Açores, com um espetáculo onde misturará um pouco dos seus espetáculos anteriores e testará algumas coisas novas. Para a primeira parte do espetáculo, que conta com o patrocínio do Grupo Finançor, Guilherme Duarte convidou Ricardo Cardoso. Os bilhetes têm um preço de €10.

No dia 17, há Fado e Guitarradas, com Alfredo Gago da Câmara (Guitarra Portuguesa), Dinis Raposo (viola), Ricardo Melo (contrabaixo), Mário Fernandes (voz) e Jéssica Sousa (voz). Os bilhetes têm um preço de €5.

De 22 a 24 de outubro, o Teatro Micaelense acolhe a 2ª edição da Imprópria, uma mostra de cinema de igualdade de género, que se assume como um evento cultural, de intervenção social, e de cariz colaborativo, que ambiciona influenciar e educar um público heterogéneo quanto à idade e ao nível sociocultural para a igualdade de género. A entrada é gratuita, sujeita ao levantamento prévio de bilhetes para cada uma das sessões.

A 31 de outubro, sobe ao palco Klangforum Wien, um coletivo internacional de música clássica contemporânea. O concerto integra a edição 2020 do Festival de Música dos Açores. Os bilhetes têm um preço de €10.

Os bilhetes estão disponíveis na bilheteira do Teatro Micaelense e em bol.pt. Os bilhetes gratuitos e os com desconto só podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Micaelense.

Pub