PUB

A Direção Regional da Cultura, através do Museu de Angra do Heroísmo, em colaboração com a Vice-Presidência do Governo, através do Centro Regional de Apoio ao Artesanato, promove sábado, 7 de abril, a realização de um ateliê denominado “Retalhos Geométricos”.

Esta iniciativa, que será orientada pela artesã Maria da Conceição Correia Gomes, vai funcionar entre as 14h00 e as 17h30, sendo de participação gratuita, mas limitada a oito participantes adultos.

A atividade decorre no âmbito da exposição “Retalhos: uma abordagem ao patchwork açoriano”, patente até 15 de abril, que resultado do trabalho de levantamento e investigação do património etnográfico açoriano que o Centro Regional de Apoio ao Artesanato tem vindo desenvolver de forma a estudar, valorizar e dignificar as produções artesanais dos Açores.

PUB

O patchwork geométrico de origem anglo-saxónica surge nos Açores por influência dos emigrantes norte-americanos, responsáveis também pela introdução da máquina de costura manual, cujo uso se difunde nos finais do século XIX.

Esta prática generaliza-se a partir das décadas de 60 e 70 do século passado, mediante a vulgarização do reaproveitamento de poliéster, matéria-prima que chegava em barris de roupa da América, em “mantas de feitios”, muitas delas com padrões clássicos do patchwork americano.

Os interessados em participar devem efetuar a inscrição através do telefone 295 240 800 ou do email museu.angra.agenda@azores.gov.pt.

Pub