Pub

O Vice-Presidente da Câmara Municipal, Pedro Furtado, e o Vereador Paulo Mendes reuniram esta manhã com os empresários ligados ao Turismo do concelho de Ponta Delgada, que fizeram um balanço positivo das medidas que a autarquia criou para ajudar um dos setores mais penalizados pela pandemia Covid-19.

Perante os dois membros do executivo camarário, os empresários foram unânimes na defesa da manutenção de iniciativas como o (Re)Descobrir PDL, por exemplo, solicitando que as mesmas sejam estendidas até 2021.

Pedro Furtado aproveitou o encontro com os empresários para afirmar que o Município de Ponta Delgada, através do Fundo de Emergência Empresarial, poderá reforçar em 2021, caso se torne necessário, as medidas implementadas este ano com vista a ajudar os setores de atividade mais penalizados com a atual crise económica.

Um reforço que, a ser realizado, sublinhou, ocorrerá através do redirecionamento de verbas de outras rubricas.

“As instituições e as empresas têm de se sentar à mesma mesa e conversar para – como estamos a fazer no caso do Município de Ponta Delgada – ficarmos a conhecer os problemas mais prementes e encontrar as soluções com vista à sua resolução” – adiantou Pedro Furtado.

O Vice-Presidente agradeceu o trabalho desenvolvido pelo Vereador Paulo Mendes na implementação das várias medidas criadas no âmbito do  Fundo de Emergência Empresarial e a adesão das empresas, afirmando que “os empresários do concelho de Ponta Delgada mereciam, da parte do Município, uma rápida intervenção, tendo em conta o impacto negativo que sofreram (e ainda sofrem) com a atual crise”.

Pedro Furtado recordou que “a Câmara de Ponta Delgada manteve, desde a primeira hora, um diálogo permanente com os empresários do concelho, essencialmente para ficar a conhecer os seus problemas e, consequentemente, encontrar medidas para mitigar esses mesmos problemas. No total, implementamos nove medidas de apoio a setores que ficaram um pouco esquecidos, por parte de outras entidades, durante a pandemia”.

O Vereador Paulo Mendes, por seu lado, fez um balanço positivo do (Re)Descobrir PDL, que apoiou 23 empresas, num investimento de 30.000 euros. Participaram nesta medida cerca de 2.800 munícipes, entre crianças e adultos.

Nas várias atividades turísticas participaram 327 crianças, acompanhadas por 74 animadores, e 327 munícipes.

Pub