Pub

A quinta edição das matinés entre filarmónicas arranca no próximo domingo, 7 de janeiro, tendo como palco o Teatro Ribeiragrandense, local onde vão atuar as oito bandas do concelho da Ribeira Grande e a Sociedade Filarmónica de Crestuma, de Vila Nova de Gaia.

As matinés entre filarmónicas é uma tradição retomada em 2014 pela Câmara de Ribeira Grande e que teve uma forte adesão junto dos munícipes, justificando-se a continuidade de um projeto que permite às bandas mostrarem ao público todo o trabalho que desenvolvem ao longo do ano.

A abertura das matinés está agendada para o próximo domingo, 7 janeiro, às 18.00 horas, cabendo as primeiras presenças em palco às filarmónicas Progresso do Norte (Rabo de Peixe) e Voz do Progresso (Conceição), que apresentarão um reportório com cerca de sessenta minutos cada.

No dia 14 será a vez das filarmónica Triunfo (Matriz) e Aliança dos Prazeres (Pico da Pedra), fazerem as suas atuações, enquanto a 21 de janeiro subirão ao palco do Teatro Ribeiragrandense as filarmónicas Nossa Senhora das Victórias (Santa Bárbara) e Lira do Espírito Santo (Maia).

As matinés entre filarmónicas encerram a 28 de janeiro com as atuações da Lira do Norte (Rabo de Peixe), Santíssimo Salvador do Mundo (Ribeirinha) e a banda convidada, Sociedade Filarmónica de Crestuma, de Vila Nova de Gaia.

A continuidade das matinés entre filarmónicas no ano de 2018 reflete a aposta que a autarquia tem feito na área cultural através da promoção e divulgação do que de melhor se faz no concelho, expressando também o sucesso que a iniciativa conheceu nos anos anteriores, merecedora de replicação no presente e no futuro.

Pub