Mark Silveira ouvido pelos deputados a propósito dos estragos provocados pelo Furacão Lorenzo

Mark Silveira, Presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico

O Presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico foi ouvido no dia de ontem pelo grupo de trabalho da Assembleia Legislativa Regional dos Açores, proposto pelo CDS-PP, para analisar os danos causados pelo Furacão Lorenzo no concelho, bem como a ação das diferentes entidades envolvidas.

Na audição, Mark Silveira lembrou que “felizmente o concelho não teve danos significativos”, exceção feita a algumas telhas danificadas em habitações particulares que foram repostas pelos funcionários do Município.

Em termos de estruturas públicas, Mark Silveira salientou que a única afetada foi a cobertura do edifício 2 da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, destinado ao ensino Pré-Escolar e 1º ciclo, com danos a rondar os 12 mil euros, que foram de imediato assumidos pela Câmara.

Sobre os preparativos da Proteção Civil para fazer face ao furacão, o Presidente da Câmara de São Roque do Pico classificou de exemplar a atuação das diferentes entidades, com especial destaque para a “excelente relação, contactos atempados, necessários e suficientes para que todos tivessem à mão as ferramentas possíveis para remediar e atender ao que seria de remediar”.

Mark Silveira sublinhou por outro lado a cooperação entre os três presidentes de Câmara do Pico que reuniram com o Vice-presidente do Governo Regional para apresentar um primeiro esboço dos levantamentos efetuados pelas autarquias, acrescentando que “anteriormente existiram contactos dos departamentos do Governo Regional com os municípios para serem dadas orientações e diretrizes relativamente à execução dos levantamentos dos estragos”. O autarca de São Roque do Pico destacou igualmente a “solidariedade” do Governo da República ao comprometer-se com a comparticipação de 85% dos estragos.